protecao_dados_promete_revolucionar_tecnologia_informacao

Proteção de dados promete revolucionar a tecnologia de informação

A partir de maio de 2018, nada será igual nas empresas que trabalham com dados pessoais. O novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) vai obrigar as organizações que trabalham na União Europeia a cumprirem um conjunto de regras no que toca à privacidade e tratamento das informações pessoais. Se ainda não está a preparar-se para estas mudanças, saiba que as multas podem ser aplicadas a 4% do volume de negócios ou ir até aos 20 milhões de euros.

A tecnologia de informação terá aqui um papel fundamental, enquanto auxiliador das empresas na adaptação dos seus processos ao novo RGPD. Por isso, a primeira ação a tomar será verificar junto do seu fornecedor do software de gestão se este está a ser preparado para comportar a aplicação do novo regulamento. Quanto mais cedo verificar como está a tecnologia de informação usada pela sua empresa, mais fácil será evitar as multas ou os problemas decorrentes de uma mudança feita à última hora.

 

A PHC e a Winsig estão preparadas para o RGPD

A PHC tem estado a trabalhar no sentido de colocar os seus produtos em conformidade com o novo RGPD. Por isso, se ainda não conhece o software de gestão da PHC, é uma boa altura para contactar o parceiro oficial da marca, a Winsig, para descobrir como estes programas vão cumprir as boas práticas instituídas pelo RGPD.

A PHC integra inclusive o grupo de trabalho “Privacidade e Proteção de Dados”, da Associação Portuguesa de Software (ASSOFT), que reúne entidades dos setores financeiro, jurídico e criação de tecnologia de informação. Nesse âmbito, o software PHC terá em consideração a aplicação nas empresas do novo regulamento, nas suas mais diversas áreas, assim como o Manual de Boas Práticas para a implementação do RGPD, que está a ser desenvolvido.

 

Como adaptar a sua empresa ao RGPD?

O processo de mudança para um novo quadro legal de preservação de informações pessoais vai implicar um trabalho conjunto de todos os departamentos da sua empresa, desde a área jurídica, passando pelo marketing e implementação da tecnologia de informação.

No caso do software, a PHC está a trabalhar no sentido de garantir aos seus clientes que os programas de gestão utilizados cumprem o RGPD e requisitos, como certificar que as políticas de privacidade estão disponibilizadas de forma clara e concisa, que existe um responsável de proteção de dados, que os processos em curso podem ser alterados para as novas regras e que em todos os dados guardados consta o consentimento explícito do titular.

A tecnologia de informação instalada na empresa deverá ainda ter sistemas de deteção de intrusões, de cópias de segurança, mecanismos de encriptação de todos os equipamentos que têm dados pessoais, dos e-mails e da informação alojada na cloud. Em suma, o seu software de gestão terá que assegurar a autenticação e segurança no acesso a qualquer rede que contenha estes dados.

O novo regulamento traz novos procedimentos que as empresas terão que adotar para garantir a segurança e proteção dos dados dos respetivos titulares. O objetivo é tornar este processo mais eficiente e seguro.

Para assegurar que a sua tecnologia de informação está preparada para cumprir o novo regulamento consulte a Winsig, especializada em software de gestão da PHC.

 

Dora Loureiro – Winsig

FacebookTwitterGoogle+