aprenda_a_tirar_partido_do_business_intelligence_em_cloud

Aprenda a tirar partido do Business Intelligence em cloud

As Pequenas e Médias Empresas (PME) têm ao seu dispor um serviço de análise visual de dados baseado em software com serviço (SaaS). Com esta solução, os utilizadores podem criar, gerir e partilhar as análises de dados num ambiente cloud.

Atualmente é possível implementar plataformas de gestão que oferecem a escalabilidade e o desempenho de que o seu negócio precisa, mas em ambiente online. A experiência em cloud permite a simplificação da administração dos processos e da gestão do negócio.

Aposta em plataformas baseadas na web é uma mais-valia

A globalização do comércio veio dar um novo incremento às trocas de produtos e serviços entre os vários cantos do mundo. Perante a internacionalização e a desmaterialização dos processos, a opção de uma solução baseada na web é perfeita para que equipas dispersas por diversos países / regiões ou que passem muito tempo fora do escritório possam gerir, comunicar e partilhar as análises visuais de dados.

Desta forma, independentemente da localização geográfica dos colaboradores, estes podem trabalhar em rede e em perfeitas condições, acedendo a um conjunto de serviços atualizados em tempo real.

As decisões podem ser tomadas na hora, uma vez que com as ferramentas de emissão de relatórios e análises financeiras, os utilizadores podem aceder à informação de que necessitam e estar em contacto direto com a sede. Rapidez, segurança e fluxo informativo são alguns dos acréscimos que as plataformas em cloud trazem para as empresas.

Este tipo de soluções é orientado para os utilizadores, uma espécie de self-service de Business Intelligence, que é extensível e assenta na gestão na cloud.

Contacte-nos para conhecer as potencialidades destas soluções de gestão na cloud!

Share
Ler Mais

solucoes_de_gestao_controlam_tecnologias_da_sua_empresa

Soluções de gestão controlam as tecnologias da sua empresa

O fenómeno “TI sombra” está a crescer e é cada vez mais frequente os empresários e colaboradores usarem em paralelo as tecnologias de cloud computing, sem conhecimento do departamento TI. Esta utilização, que vai muito além das ferramentas “oficialmente” disponibilizadas, acarreta falhas de segurança.

Para recuperar o controlo das TI sombra e assim garantir a segurança desses serviços, o primeiro passo está em recorrer a profissionais especializados em soluções de gestão. Estes consultores são capazes de analisar as motivações de quem usa este serviço de forma paralela e, com base nessa avaliação, implementar medidas de controlo e restrições no acesso para assegurar o cumprimento das diretrizes de segurança.

Soluções de gestão permitem recuperar o controlo dos serviços de TI sombra

Num artigo recentemente publicado, o CEO da ValiMail, Alex Garcia-Tobar, sugere uma fórmula de vários passos que permite seguir o rasto dos serviços de TI e verificar se estão a ser usados em paralelo. Além disso, a Gartner prevê que até 2020 um terço das falhas de segurança serão resultado do uso paralelo dos serviços de TI.

Uma equipa de consultores experiente que atue nas soluções de gestão será capaz de identificar as falhas de segurança. Como? Através dos seguintes passos:

Conhecer as razões que levam ao uso de “TI sombra”: Quando os colaboradores usam as suas próprias soluções de cloud não têm a intenção de colocar em risco a segurança da empresa. Pelo contrário, encaram estas ferramentas como seguras e por isso consideram desnecessário recorrer ao departamento de TI. Portanto, o primeiro passo consiste em consciencializar a equipa para os riscos desta ação.

Identificar o envio dos E-mails: Uma equipa especializada em soluções de gestão será capaz de reconhecer o padrão de autenticação de E-mail aberto para chegar a toda a correspondência que é enviada a partir da cloud empresarial, mesmo aquela que tem origem fora da rede da empresa. Todos os E-mails que são enviados com a chancela dos clientes e não se encontram no departamento de TI são considerados “TI sombra”. Por outro lado, ao identificar a origem dos E-mails estará a conhecer os remetentes não autorizados, podendo assim impedi-los de aparecer nas caixas de correio dentro e fora da rede.

Monitorizar mais: Para tal deverão ser criadas listas restritas, distribuídas por departamentos, de forma a monitorizar os serviços de envio.

Segmentação: Ao conhecer a forma como cada um utiliza os serviços da cloud torna-se mais fácil estabelecer os parâmetros de segurança e balizar as necessidades de comunicação da empresa, bem como identificar os riscos que a atividade enfrenta. Com isto, a equipa de consultores quer garantir que há apenas um bom uso da cloud pública. Será necessário tempo e paciência para que os colaboradores aprendam a utilizar os serviços de forma segura e em conformidade.

Fazer Raio X da cloud: O objetivo consiste em perceber se o serviço de cloud está a ser bem gerido, rentabilizado e se as suas funcionalidades estão a ser aproveitadas ao máximo, já que esta acarreta custos para a empresa.

Definir prazos: É essencial para que sejam efetivamente adotados novos hábitos e procedimentos. Este prazo deve ser definido em conjunto com o departamento de TI e a partir dessa data devem desligar todos os serviços que não são compatíveis com a segurança da empresa.

Novos serviços: Assim que deixar de ser possível utilizar as “TI sombra” é importante que o departamento desta área possa habilitar de forma individual cada serviço, para que possa ser usado de acordo com a política de segurança da empresa.

Portanto, é evidente que a forma mais eficaz de detetar o uso de “TI sombra” consiste em colocar a tarefa nas mãos de quem domina esta matéria.

Consulte-nos para conhecer as nossas soluções de consultoria e como pode melhorar a segurança da sua empresa.

Dora Loureiro – Winsig

Share
Ler Mais

ha_10_razoes_para_se_render_ao_software_para_assistencia_tecnica

Há 10 razões para se render ao software para assistência técnica

Atualmente, o trabalho em rede e à distância entrou definitivamente na maioria das empresas. Por isso, há que tirar partido da evolução tecnológica e colocá-la ao serviço dos objetivos do seu negócio. Aliás, esta é a ferramenta que necessita para criar uma equipa qualificada e altamente motivada, distribuída a nível global, ou seja, onde a sua empresa estiver.

Os benefícios de recorrer ao software para assistência técnica são inúmeros e vão permitir-lhe levar o seu negócio para o próximo nível.

Conheça o top das 10 principais vantagens da implementação de um sistema de gestão para assistência técnica

Rentabilidade: Ter uma equipa a trabalhar à distância e nos locais onde realmente é necessária permite ao empresário poupar custos na manutenção de um ou vários escritórios fixos. O programa para assistência técnica faz o resto ao facilitar a gestão virtual dos processos e a rápida comunicação online entre todos os intervenientes.

Contratações mais qualificadas: Se pode ter colaboradores à distância não precisa de estar limitado aos recursos humanos que existem na área da sede da empresa. Mesmo que esteja longe, o empresário pode contratar o candidato que considera que tem o melhor perfil para a sua equipa. Com a aquisição de um software para assistência técnica, as equipas serão formadas por profissionais altamente qualificados e independentes.

Rotatividade de postos: Equipas motivadas são equipas que fazem várias tarefas e cujo trabalho não se torna numa rotina monótona. Com um sistema de gestão para assistência técnica pode fazer uma melhor gestão dos projetos e colocar os seus colaboradores a desempenharem diversos papéis.

Maior produtividade: Se há motivação e flexibilidade laboral, os colaboradores tornam-se mais produtivos, pois estão focados, gerem melhor o seu tempo e comunicam entre si em tempo real.

Escalabilidade do seu negócio: Torna-se mais simples adaptar a dimensão da sua equipa aos desafios e projetos que vão surgindo. À medida que a empresa cresce, nomeadamente a nível nacional e internacional, cresce igualmente a sua equipa, que pode ser chefiada à distância e com um programa para assistência técnica pode estar mais próxima dos seus clientes, nomeadamente daqueles que têm escritórios móveis e não estão cingidos a um único espaço de trabalho físico.

Clientes mais satisfeitos: Com o software de assistência técnica, a sua equipa está sempre disponível para o cliente, independentemente do local onde este se encontra ou da altura do dia em que ele o contacta. E com um acompanhamento constante e efetivo, o cliente fica satisfeito com o serviço e, por isso, fidelizado.

Eficiência: O cliente está à distância de um clique ou de uma chamada. Por isso, poupa em deslocações e investe esse tempo no fortalecimento da relação com o seu contacto. As equipas aproveitam melhor o seu horário, que passa a ser dedicado na totalidade à gestão dos clientes.

Facilita as multitarefas: O software de assistência técnica permite à equipa realizar várias tarefas em simultâneo e organizar melhor o seu trabalho, já que não necessita de se deslocar à sede e pode executar as suas ações de forma remota.

Horário alargado: Quando precisa de ter uma equipa cujos colaboradores têm que assegurar a atividade 24 horas, o software de assistência técnica é aquilo que procura. Desta forma está preparado para resolver os problemas do cliente mesmo fora de horas e mesmo que não esteja fisicamente no escritório ou noutro local de trabalho.

Rápida resposta: Este é o fator que o vai distinguir da concorrência e que será determinante na hora de fidelizar clientes. Se investe em tecnologia que assegura o cumprimento desta meta terá o retorno esperado.

Consulte-nos para esclarecer todas as suas dúvidas e descobrir como pode tirar partido de um software de assistência técnica.

Dora Loureiro – Winsig

Share
Ler Mais

empresa_esta_imune_ataque_informatico

A sua empresa está imune a um ataque informático?

O estudo “2017 Cibersecurity Predictions”, da Stroz Friedberg, do Grupo Aon, aponta que este ano haverá um maior número de ataques cibernéticos que poderão colocar em risco a integridade dos dados.

Posto isto, a questão que se coloca é a seguinte: vai aventurar-se sozinho com o seu negócio nas soluções de ERP virtuais e correr o risco? Vale a pena poupar alguns euros e ficar exposto à ciberespionagem? Nós acreditamos que não compensa, até porque o recurso à consultoria nesta área vale o investimento. Veja-se que além de blindar os seus dados, aprenderá a tirar maior partido do seu software de gestão, rentabilizando-o ao máximo. E com uma gestão eficiente, a produtividade e os resultados serão melhorados.

Empresas devem investir na otimização da cibersegurança

O estudo da Aon revela que as empresas deverão estar mais atentas a casos de ciberespionagem, ataques que afetam a integridade dos dados e que estão relacionados com os chamados dispositivos IoT (Internet of Things). A mesma pesquisa avança que face a esta realidade, as empresas têm procurado seguros que tenham uma cobertura destes prejuízos. Aliás, a pesquisa de seguros cibernéticos deverá crescer 30 a 50% por ano.

Porém, os investigadores que desenvolveram este estudo destacam que, mais do que um seguro, a prevenção é essencial. Ou seja, é fundamental que as empresas invistam na otimização da sua cibersegurança, seja através de normas mais rigorosas, seja através da aposta em serviços de gestão de risco.

Equipas especializadas em soluções de gestão integrada são essenciais

É por isso que a consultoria prestada por equipas especializadas em soluções de gestão integrada é crucial para enfrentar as ameaças do mundo cibernético. Procurar uma empresa que apresente projetos que ultrapassem a simples implementação é uma mais-valia que vai ajudá-lo a responder em tempo útil e melhorar as suas práticas.

A Winsig é um parceiro estratégico, capaz de integrar soluções de gestão com o software PHC, customizadas e enquadradas com o vertiginoso desenvolvimento da Web e da Mobilidade.

Prepare-se para enfrentar os desafios e os riscos que o mundo cibernético representa. Contacte-nos para conhecer as nossas soluções de gestão.

Dora Loureiro – Winsig

Share
Ler Mais